Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2009

JULIANA PAES: NÃO LEVO A PERSONAGEM PARA CASA

     Não foi à toa que aos 28 anos a carioca Juliana Paes foi eleita, pela revista "People" latina, como uma das 100 mulheres mais sexy da América do Sul. No entanto, esse perfil está a mudar. Em 2007, quando protagonizou "Pé na jaca", a actriz provou que sabe chorar, sofrer, que consegue convencer os espectadores. Mas agora o desafio é maior.

     Protagonizar "Caminho das Índias", novela exibida em horário nobre da Globo que se passa na Índia, cuja estreia está para breve na SIC, na qual, na pele de Maya Meetha, interpreta uma personagem indiana de gestos contidos que luta por casar com seu amor impossível, Bahuan, vivido por Márcio Garcia.


Que impressões trouxe da Índia?

     Não existe revolta.Existem alguns olhares tristes, mas nunca revoltados. Eles entendem a vida como uma grande passagem. Isso é perceptível e mexe connosco, pois, às vezes, vivemos sem religiosidade alguma. Fiquei muito sensibilizada com essa diferença.


O que foi mais inesquecível dessa viagem à Índia?

     Foi tudo inesquecível. Acho que poder trabalhar e viajar é um grande privilégio. Trabalhámos muito. As condições eram difíceis: havia muito calor e muita gente. Às vezes, eles (indianos) ficavam um pouco acuados. Mas foi muito bom poder viajar. Acabava a gravação e íamos passear, tirávamos fotos dos templos. Foi tudo muito especial, apesar de ser muito trabalhoso.

Nunca lá tinha ido?

     Não. Nunca tinha ido à Índia.


É também a primeira vez que assume protagonismo numa grande produção? Como está a correr?

     Sim. Estou desejosa de saber o que as pessoas acham, se gostam. Sinto uma enorme responsabilidade.


O que muda na vida de um actor quando se torna protagonista? Apenas o volume de trabalho? Consegue chegar a casa e desligar-se da personagem?

     Realmente, não acho que seja um grande problema fazer muitas cenas emotivas. As mocinhas sofrem um bocado. Recentemente, fiz umas sequências em que tive de chorar muito e fiquei muito cansada fisicamente, mas não emocionalmente. Canso-me porque me entrego, faço um esforço, mas aquilo não me atinge emocionalmente, não levo o personagem para casa e nem chego a ficar deprimida porque fiz muitas cenas difíceis e tristes num dia. Não misturo as duas dimensões. Comigo é assim. Cada actor funciona de maneira diferente.


Acha que o Bahuan (Márcio Garcia) e a Maya vão ficar juntos?

     Claro que acho! (risos). Eles têm de ficar juntos. Como é um amor proibido, os espectadores vão torcer para que isso aconteça.


Como preparou a personagem? Ser protagonista tornou o processo mais complicado?

     Quando se está a gravar, não se fica o tempo todo a pensar que se é protagonista. Esse peso existe, é claro, mas você não decora ou não pensa ou não estuda e trabalha em cima da personagem tão-somente com isso na cabeça. Tenho o meu método, a minha maneira de de-senvolver e criar as personagens. Método que uso independentemente do facto de ser protagonista ou não. O que fiz foi estudar muito, tanto quanto faço para todos os outros casos. É obvio que sei que vai estar muita gente a observar-me. A cobrança é maior por ser uma novela exibida em horário nobre e por esta mocinha ter a obrigação de encantar mesmo as pessoas.


É uma grande responsabilidade.

     Mas estou confiante. Estudei muito, vi muitos filmes, fiz muitas aulas de dança e tudo o que estava ao meu alcance para me aperfeiçoar. Mas é uma personagem difícil. Quando se cria uma personagem, estuda-se as suas características, vai buscar-se referências que já temos. Ou seja, vamos procurar lembranças de uma tia, um jeito seu, ou a alguma amiga de infância. Essas são as fontes. Mas quando você vive uma personagem que não tem absolutamente nada a ver com o seu universo, fica muito mais difícil. Não saberia fazer a Maya se não tivesse ido para a Índia.


E durante as gravações, como se prepara o trabalho?

     Agora, tenho feito aulas para cenas específicas porque não temos tido tempo. Entrámos no ritmo de gravação mesmo: Projac, fábrica de cena. O que temos feito por enquanto é, se surge uma cena que tem uma dança, vamos para a salinha de dança e aprendo aquela coreografia especificamente. Antes da novela começar, tinha tido aulas mais genéricas: passos, as duas mudras, que são as posições com mãos. Essa base já tenho.


Pelos vistos, gostou da dança indiana, já que vai continuar a estudá-la.

     Eu adoro dança. Estou sempre envolvida em alguma coisa que tenha a ver com dança: seja de salão, de rua, Carnaval. Mas é muito difícil manter um padrão de dança indiano. Poucas pessoas no Brasil conhecem a dança indiana. Tudo o que a gente pesquisa é pela Internet. Graças a Deus que existe o "YouTube2" para podermos ver vídeos de bhangra dance, de bollywood dance, de que a Glória gosta bastante porque é uma dança muito bonita: é de babar, os vídeos são de babar. E é basicamente isso. Não sei se vai dar para continuar a estudá-las, mas com certeza tudo o que já aprendi não vai dar para esquecer.


"Companhia das Índias" vai substituir "A favorita", que é uma novela urbana, com a cara do Brasil, e que teve altos índices de audiência. Acha que o público vai receber bem este produto?

     Vai correr bem porque a novela está muito boa. "A favorita" tem um final muito forte, eu chegava a casa e queria ver a novela. Mas o público também gosta de mudanças. Saímos de uma novela urbana, cheia de "suspense", para entrar numa ficção até um tanto lúdica nesse quesito. Confio que o público a vá aceitar muito bem. Não estou nada preocupada.

 

 

 


FONTE: JORNAL DE NOTÍCIAS

Tags: ,

PUBLICADO POR

Diogo Tavares às 18:54
|

COMENTAR

• Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30


RECENTES

SIC: Novela “Laços de San...

Justin Timberlake diz sen...

Daniela Ruah brilha em Ho...

'A Voz de Portugal' já dá...

Cantora Pink aceita papel...

Guterres distingue Angeli...

'Laços de Sangue' na list...

ALFREDO É O CONCORRENTE M...

FILIPE EXPULSO DA "CASA D...

1,5 MILHÕES DE PORTUGIESE...

"TENHO DIREITO À PRIVACID...

ANIVERSÁRIO DA SIC VAI SE...

A VEZ DE BÁRBARA NO 'PESO...

SANTORO NEGA ROMANCE

PARABÉNS TVCinema

FAMOSOS QUEIXAM-SE DE TER...

DONAS DE CASA DESESPERADA...

RICKY MARTIN VAI CASAR-SE

JÚLIA PINHEIRO ABRE AS PO...

BÁRBARA GUIMARÃES "CONFIA...

JÚLIA PINHEIRO CHEGA ÀS M...

NOVELA DA SIC LUTA TACO A...

FINAL DA CASA DOS SEGREDO...

SIC LIDERA ESCOLHAS DA PR...

JÚLIA PINHEIRO NA SIC

MAMNUELA MOURA GUEDES NA ...

"MEU AMOR CHEGOU, ARREBAT...

JÚLIA PINHEIRO NÃO COMENT...

CATARINA MONTEIRO QUER RE...

ALVOROÇO NA "CASA DOS SEG...

ARQUIVOS

Novembro 2011

Outubro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Últimos Comentários

Com certeza Julia Louis-Dreyfus (http://en.wikiped...
não vai haver mais castings para programas de danç...
eu amo csi,e um absurdo o que eles fizeram tirara...
eu adorei escutar que csi estára de volta.s...
Bom post, Ze
Caro Dr. Miguel Stanley Gostava, sendo seropositiv...
Caro Dr. Miguel Stanley Gostava, sendo seropositiv...
Caro Dr. Miguel Stanley Gostava, sendo seropositi...
Indigno-me na minha condição de cidadão informad...
Nossa gostei muito do papel q ela fez na novela, e...
Faça uma pesquisa correta,assim a informa&c...
Parabéns pelas palavras, muito emocionante. a...
este concurso e muito bom que prende pelos segredo...
Além destes nomeados, foram nomeados para Grupo Re...
Em 2012 é o ano ideal para fazer o terceiro filme,...
Alguém sabe qual é a idade minima de participação?...

• Procurar